fbpx

Construção 4 critérios de avaliação para escolher o selante para fachada
Autor: Eng. Gilberto Fernandes (Grupo Hard)

Data da publicação: 27 de outubro de 2021

Escolher o selante para fachada do seu empreendimento é fundamental para garantir a segurança e durabilidade de toda a estrutura. Por isso, na hora da decisão, é importante prestar atenção em alguns critérios, a fim de evitar trincas, rachaduras, fissuras e infiltrações.

No mercado, há inúmeros tipos de selantes para construção civil, como mostramos neste artigo. Por isso, a escolha entre tantas opções pode ser tão complicada. Afinal, quais características o produto deve ter para garantir a vedação e proteção da fachada?

Se você já se fez essa pergunta, continue a leitura! Reunimos neste artigo 4 critérios a serem considerados quando escolher o selante para fachada.

Qual a importância de escolher o selante para fachada 

Como já dito, usar o selante certo na sua fachada pode evitar o surgimento de problemas que comprometem a estrutura como um todo. Isso porque o selante age como uma barreira contra a passagem indesejada de umidade, poeira e outros tipos de sujeira. Dessa forma, prevenindo o surgimento de infiltrações e outras patologias.

Também está entre as principais funções desse material acomodar as variações dimensionais das edificações, o que é importante para evitar trincas, rachaduras e fissuras. Afinal, as fachadas são constituídas de materiais com diferentes coeficientes de dilatação, que se movimentam conforme a temperatura externa.

Porém, não basta apenas usar qualquer selante, é importante optar por um material adequado para o ambiente de aplicação. No caso das fachadas, a exposição aos raios solares é muito grande e isso tem um grande impacto na durabilidade da vedação. Esse é apenas um exemplo de como é importante usar o selante correto para cada ambiente, no próximo tópico, nos focamos nos atributos de um selante para fachada ideal.

4 critérios de avaliação para fazer a escolha certa

Muitas pessoas ainda escolhem o selante para fachada com base na tecnologia e/ou dureza. Mas, para tomar uma decisão assertiva, somente essas informações não são suficientes. Por isso, reunimos neste artigo 4 critérios a serem considerados na hora da escolha.

1. Durabilidade

Você sabia que a durabilidade do selante é determinada por sua nobreza? Isso quer dizer que quanto mais pré-polímeros e menos diluentes a formulação tiver, mais resistente e de qualidade o material será. Esta característica está diretamente ligada a resistência às intempéries do material. Em um ambiente diretamente exposto às agressões do tempo, como uma fachada, é imprescindível prestar atenção na resistência aos raios UV.

Uma dica importante é verificar se o selante foi testado na Câmara de raios UV e quais foram os resultados. Neste teste, lâmpadas especiais simulam a ação dos raios UVA e UVB, possibilitando saber como o material reagirá depois de uma exposição prolongada. O Selante MS 425 Fachada, por exemplo, atingiu 8.000 horas nos ensaios acelerados de UV, o que gera uma vida útil estimada de 12 anos.

2. Módulo de elasticidade

O módulo de elasticidade é a força necessária para o selante aumentar o seu tamanho. Em uma fachada, essa característica é importante por causa de um fenômeno chamado dilatação térmica, que resulta na contração ou dilatação do substrato por causa da variação de temperatura. Sendo que quanto menor a temperatura, maior será a contração do material e vice-versa.

Como materiais diferentes têm coeficientes de dilatação distintos, é importante levar essa característica em consideração e escolher o selante com o módulo de elasticidade adequado. Para fachadas, os selantes de baixo módulo (M100% ≤ 0,5) são os indicados, pois são aplicados em substratos com baixo coeficiente de dilatação.

3. Capacidade de movimentação

O selante para fachada deve ter uma taxa de movimentação depois de curado, a fim de suportar as movimentações, vibrações e esforços comuns em uma fachada. Essa capacidade é medida a partir do quanto o material comporta as movimentações na largura da junta e é informada em percentual.

Quando analisar esse critério é importante saber qual a norma que o fornecedor adotou, pois atualmente há duas principais. Uma delas é a norma internacional ASTM C920, que mede a capacidade de movimentação variando entre: ±12,5%; ±25%; ±35%; ±50%; +100% -50%. Sendo que produtos acima de ±35% são denominados de alta performance. A outra é a NBR ISO 11600, uma norma brasileira que especifica a capacidade de movimentação, porém não é tão abrangente – seu conceito varia entre ±7,5% e ±25%.

Por isso, é fundamental sempre comparar a capacidade de movimentação dos selantes considerando os parâmetros da mesma norma. No caso das fachadas, é importante optar por um material de alta performance, preferencialmente com uma capacidade de movimentação de ±50%.

4. Adesão

Para ser uma barreira eficaz contra as intempéries e evitar o comprometimento da fachada, os selantes devem ter boa adesão ao substrato. A adesão, como o próprio nome sugere, é a capacidade de aderência do selante ao substrato. Ou seja, o quanto o produto é capaz de colar onde foi aplicado.

A fim de escolher o melhor selante para fachada, consulte o boletim técnico do fornecedor e verifique se a aderência do produto é compatível com o substrato de aplicação. No boletim técnico do Selante MS 425 Fachada, por exemplo, essa informação está disponível logo na primeira página, no tópico “Usos Típicos”. Outra dica é fazer um painel de teste na sua obra antes de efetuar a aplicação, garantindo assim que o selante tenha total aderência ao substrato.

Além disso, é importante verificar se o produto escolhido exige ou não o uso do primer, um produto destinado à preparação da superfície para receber o selante. No caso dos selantes Hard, não é necessário o uso de primer em condições normais de limpeza. Vale salientar que nesses casos a aderência do selante vai estar ligado diretamente à limpeza da superfície, etapa muitas vezes negligenciada pela mão de obra. Para atender aos requisitos de limpeza, o ideal é usar água para retirar toda poeira, óleo e partícula solta da superfície onde o selante será aplicado.

É importante contar com os melhores fornecedores

Conheça o Selante MS 425 FachadaEscolher o selante para fachada é uma tarefa muito importante, que pode ser mais fácil se você contar com fornecedores comprometidos com a qualidade. Nós, do Grupo Hard, desenvolvemos um produto específico para esta aplicação: o Selante MS 425 Fachada.

Esta solução tem uma excelente resistência ao intemperismo e envelhecimento, baixo módulo de elasticidade e capacidade de movimentação de ±50%. Adere em concreto, bloco oco, pedra e tijolo maciço, sem a necessidade do uso de primer em condições normais de limpeza. Além disso, o MS 425 Fachada pode ser aplicado sobre superfícies úmidas. Ou seja, sua obra não precisa mais parar depois da chuva.

Quer ter essa qualidade na sua obra? Então, converse com um dos nossos especialistas.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!