Autor

Hard Comércio de Fixadores e Resinas

Browsing

Entenda as diferenças entre estrutura pré-fabricada e pré-moldada

O setor de construção civil se modernizou muito nos últimos anos. Hoje, é possível encontrar soluções mais baratas, econômicas e práticas, o que facilita a execução dos serviços. Entre elas estão a estrutura pré-fabricada e a estrutura pré-moldada. Ainda existe confusão entre esses termos, mas é bom saber que a estrutura pré-moldada é bem diferente da pré-fabricada e conhecer as principais diferenças entre elas é fundamental para os profissionais. Assim, eles terão informações valiosas em mãos e poderão fazer a melhor escolha possível para cada obra. Ficou interessado no tema? Então, continue a leitura deste post e entenda as diferenças entre as estruturas pré-fabricada e pré-moldada! O que é uma estrutura pré-fabricada? O nome já dá a ideia: uma estrutura pré-fabricada é aquela feita em uma fábrica, de maneira industrial. Para isso, são usadas tecnologias avançadas e há um controle de qualidade rigoroso. É comum que as fábricas façam testes…

Cobertura sem goteiras! Diga adeus às infiltrações do telhado do seu galpão

Goteiras? Infiltrações? Quando estes problemas acontecem em uma obra, o resultado você já sabe: prejuízo no bolso e muita dor de cabeça. Por isso, a melhor coisa para uma cobertura sem goteiras é procurar entender bem cada processo, escolher criteriosamente os produtos que envolvem coberturas de alta qualidade, bem como seus fornecedores. Partindo deste raciocínio, evita-se vários desgastes que não estavam previstos, como visitas técnicas e aumento do orçamento original. Além de, muitas vezes, comprometer a estética e harmonia da obra, causando desconfortos desnecessários com os clientes e até mesmo grandes prejuízos na imagem e no caixa da empresa. Vale lembrar que, em algumas regiões brasileiras, muitas empresas toleram conviver com goteiras e infiltrações. “Depois de um tempo de obra, elas surgem mesmo”, “É inevitável”. Quem já não ouviu frases como estas ou parecidas? Pois bem, quem acredita nisso, precisa mudar de opinião, até para que seu negócio não vá…

Tabela de Conversão de Polegadas em Milímetros

As unidades de medidas mais utilizadas na construção civil são Polegadas e Milímetros. Por isso, preparamos esta tabela para ajudar você na conversão dos valores. Confira! pol.   0″ 1″ 2″ 3″ 4″ 5″ 6″ 7″ 8″ 9″ 10″ Milímetros (mm) 0 0,00 0,00 25,40 50,80 76,20 101,60 127,00 152,40 177,80 203,20 228,60 254,00 1/8 0,13 3,18 28,58 53,98 79,38 104,78 130,18 155,58 180,98 206,38 231,78 257,18 5/32 0,16 3,97 29,37 54,77 80,17 105,57 130,97 156,37 181,77 207,17 232,57 257,97 3/16 0,19 4,76 30,16 55,56 80,96 106,36 131,76 157,16 182,56 207,96 233,36 258,76 1/4 0,25 6,35 31,75 57,15 82,55 107,95 133,35 158,75 184,15 209,55 234,95 260,35 5/16 0,31 7,94 33,34 58,74 84,14 109,54 134,94 160,34 185,74 211,14 236,54 261,94 3/8 0,38 9,53 34,93 60,33 85,73 111,13 136,53 161,93 187,33 212,73 238,13 263,53 7/16 0,44 11,11 36,51 61,91 87,31 112,71 138,11 163,51 188,91 214,31 239,71 265,11 1/2 0,50 12,70 38,10 63,50…

Tabela de Conversão de Unidades de Medida

No dia a dia é muito comum nos deparamos com valores com unidades de medidas diferentes e para poder utiliza-los é necessário realizar a conversão para se trabalhar na mesma base. Pensando nisso, preparamos esta tabela de conversão de unidades de medida para resolver problemas que envolvam a conversão de medidas métricas de distância, volume e massa, bem como de medidas de pressão e toque. GRANDEZA PARA CONVERTER UNIDADE MULTIPLICAR POR => UNIDADE PARA OBTER PARA OBTER DIVIDIR POR <= PARA CONVERTER COMPRIMENTO Metros m 3,281 ft Pés Polegadas ” 25,4 mm Milímetro VOLUME  Litros l 0,264 gal Galões Americanos Metros Cúbicos m³ 1000 L Litros Centímetros Cúbicos cm³ 0,001 L Litros Centímetros Cúbicos cm³ 1 ml Mililitros PRESSÃO/COMPRESSÃO Quilograma por centímetro Quadrado kg/cm² 14,22 Lb/pol²(psi)  Libra por Polegada Quadrada Quilograma por centímetro Quadrado kg/cm² 2.048,16 Lb/ft² Libra por Pé Quadrado Quilograma por centímetro Quadrado kg/cm² 0,98 bar Bar Newton…

Tabela de Cargas para Fixadores Autoperfurantes

Dúvidas sobre as cargas dos fixadores autoperfurantes? Então confira esta tabela que preparamos para você. Aqui você irá encontrar todos os valores de cargas apenas para o fixador e também do conjunto fixadores + terça/telha, considerando cargas de ruptura de arrancamento, cisalhamento e rasgamento. TABELA DE CARGAS PARA O FIXADOR CARACTERÍSTICAS E RESISTÊNCIAS DO MATERIAL BITOLA DO FIXADOR FIOS DE ROSCA POR POLEGADA TRAÇÃO (kgf) CISALHAMENTO (kgf) TORQUE DE RUPTURA* (N.m) 8 18 710 450 4,7 10 16 950 635 6,9 12 14 1270 900 10,4 12 24 1475 950 11,3 1/4 14 1745 1180 17,0 1/4 20 1940 1225 19,0 18 9 2060 1170 19,2 (*) Para aplicação do fixador, utilize 80% do valor do torque de ruptura. TABELA DE CARGAS PARA O CONJUNTO (FIXADORES + TERÇA/TELHA) Cargas de ruptura considerando telhas e enterçamentos em aço estrutural ASTM A36. CARGAS DE RUPTURA, ARRANCAMENTO (Pull-Out) em kgf BITOLA DO…

Guia de Dimensionamento de Fixadores

Quer aprender como dimensionar os fixadores de uma cobertura? Cada montagem apresenta diferenças quanto ao projeto e localização da obra, tornando-se necessária uma especificação exclusiva para cada caso. A HARD recomenda para o sistema de fixação metálica a utilização de, no mínimo, quatro fixadores por metro (telha/terça) e mais dois fixadores por metro linear na costura (telha/telha), na cobertura e fechamento lateral. Confira este guia e saiba mais! DIMENSIONAMENTO DE FIXADORES – TELHA TRAPEZOIDAL SINGELA (SIMPLES) O sistema de fixação HARD permite aplicação do fixador na onda baixa de telha singela, que garante fixação perfeita nas terças sem qualquer deformação das chapas e assegura uma completa estanqueidade, devida à arruela de vedação em EPDM.Em telhas termoacústicas, aplicar na onda alta.*Para fixação de telhas em terças/vigas laminadas, o parafuso recomendado pela HARD é o fixador 12-24 x 1.1/2 ponta 5 (TCP5). TAMANHO MATERIAL REVESTIMENTO FIXADOR ARRUELA LOCAL DE FIXAÇÃO QUANTIDADE …

Rendimentos – Selantes

O rendimento de um selante depende do tamanho da junta de dilatação em que ele será utilizado. Para definir com segurança a quantidade de produto necessário na sua obra, consulte a tabela abaixo. GUIA DE RENDIMENTO – SELANTES PRODUTO EMBALAGEM FATOR FORMA DIMENSÕES DA JUNTA (LARGURA X PROFUNDIDADE) RENDIMENTO EM METROS LINEARES MS 425 Fachada Sachê 600g Largura de junta até 10 mm 1 : 1 6 mm x 6 mm 11,0 m 8 mm x 8 mm 6,2 m 10 mm x 10 mm 4,0 m Largura de junta maior que 10 mm 2 : 1 20 mm x 10 mm 2,0m 25 mm x 12,5 mm 1,3 m 30 mm x 15 mm 0,9 m MS 435 Telhado Sachê 600g Largura de junta até 10 mm 1 : 1 6 mm x 6 mm 11,0 m 8 mm x 8 mm 6,2 m 10 mm x 10 mm 4,0 m…

Rendimentos – Ancoragens Químicas

Sabemos que calcular com precisão a quantidade de chumbador químico a ser utilizado em uma obra não é algo simples. Por isso, preparamos esta tabela de rendimentos, onde você pode definir com agilidade a quantidade de produto necessário. RENDIMENTO DE ANCORAGENS QUÍMICAS COM BARRA ROSCADA Diâmetro da barra – pol 3/8” 1/2” 5/8” 3/4” 7/8” 1” 1.1/4” Ø Nominal do Furo (d0) – pol (mm) 7/16’’ (12) 9/16’’ (14) 11/16’’ (18) 7/8’’ (22) 1’’ (25) 1.1/8’’ (28) 1.3/8’’ (35) Embutimento Efetivo (hef) – mm 90 110 125 170 170 210 305 FUROS POR CARTUCHO VI 1101 (345ml) 46 27 14 8 6 4 1,5 EP 131 (585ml) 78 47 25 12 9 6 2,8 EPÓXI PRO (600ml) 80 48 26 13 10 7 3 VINIL PRO (300ml) 40 23 12 7 N/I N/I N/I . RENDIMENTO DE ANCORAGENS QUÍMICAS COM VERGALHÃO Diâmetro da vergalhão – mm (pol) 8 10 12,5 16 20…