Escolher o sistema de ancoragem química ideal para a sua obra nem sempre é uma tarefa fácil. Por isso, preparamos este guia comparativo entre os sistemas para te ajudar nesta decisão. Confira!

Hard EP 131 VI 1101 Hard Epóxi Pro Hard Epóxi Liquido e Pastoso
 PRODUTOS EP 131 VI 1101 EPÓXI PRO VINIL PRO EPÓXI Líquido e Pastoso
MATERIAL Epóxi Viniléster Epóxi Viniléster Epóxi
CURA Lenta Rápida Lenta Rápida Muito Lenta
PERFORMACE ++++ ++++ ++ + +
MÉTODO DE
FURAÇÃO
BROCAS SDS  ▲  ▲  ▲
COROA DIAMANTADA¹  –
CONCRETO
ALVENARIA
VERGALHÃO  ▲
BARRA ROSCADA
RESISTÊNCIA DINÂMICA
RESISTÊNCIA QUÍMICA ++++ ++++ ++ +
APLICAÇÃO DE FURO ÚMIDO  –
APLICAÇÃO DE FURO CHEIO DE ÁGUA
TEMPERATURA DE INSTALAÇÃO +5 a 40°C -10 a 40°C +5 a 40ºC +5 a 35ºC
TEMPERATURA DE SERVIÇO (DEPOIS DE CURADO) -40ºC a 72ºC -40ºC a 120ºC -40ºC a 65ºC -40ºC a 80ºC
MÉTODO DE FURAÇÃO OPÇÃO1¹ (CONCRETO
FISSURADO)
M12-M30 M12-M30
SÍSMICO  ▲  ▲
OPÇÃO7¹(CONCRETO NÃO
FISSURADO)
M8-M30 M8-M30
VERGALHÃO 08-025 08-025
TESTE DE RESISTÊNCIA A FOGO  ▲
TESTE VOC
SOFTWARE

¹ Consulte nos materiais técnicos as perdas de cargas.

▲ Indicado ( ++ ) Bom
( – ) Não indicado ( +++ ) Muito Bom
( + ) Standard ( ++++ ) Excelente

 

Escreva um comentário