fbpx

Construção Entenda agora como aplicar a metodologia 5S no canteiro de obra
Autor:

Data da publicação: 1 de abril de 2019

Na busca por agilidade, economia e qualidade na entrega de seus produtos finais, profissionais da construção civil devem estar sempre ligados em novas tecnologias e tendências. Porém, muitas vezes algumas práticas já antigas podem trazer toda a otimização que você busca, desde que elas sejam adaptadas para o seu ambiente de trabalho. É o caso da metodologia 5S.

Como nem sempre ela é aplicada na área da construção civil, criamos este artigo para ajudar você a entender o significado dos 5S, suas vantagens no canteiro de obra, bem como sua aplicação. Continue a leitura e tire suas dúvidas!

O que é a metodologia 5S?

Essa metodologia surgiu nas indústrias japonesas, na década de 50. Após a Segunda Guerra Mundial, o Japão passava por um processo de recuperação e reestruturação industrial, visando a sua melhora econômica e reinserção de seus produtos no mercado.

Para tal, era preciso corrigir a desorganização das fábricas. Foi então que Kaoru Ishikawa, engenheiro de controle de qualidade, surgiu com os 5S.

Essa técnica tornou-se a base para uma gestão de qualidade, visando manter um bom fluxo de produção, com um ambiente de trabalho saudável e organizado. Apesar de ter sido desenvolvida para o setor industrial, ela foi adaptada e hoje já é aplicada em empresas das mais diversas áreas de atuação.

Quais são os 5S?

O conceito de 5S é formado por cinco palavras japonesas: seiri, seiton, seiso, seiketsushitsuke. A seguir, saiba qual o significado de cada uma delas na metodologia.

Seiri (utilização)

O primeiro S busca analisar os equipamentos e materiais quanto à sua utilização. Caso não sejam mais necessários, devem ser dispostos de maneira correta.

Seiton (organização)

O senso de organização diz respeito ao armazenamento e disposição de materiais e equipamentos. Assim, com um ambiente mais organizado, se tem uma maior produtividade.

Seiso (limpeza)

O sentido de limpeza, aqui, é duplo. Tem-se o lado higiênico, mantendo o local salubre, mas também refere-se à honestidade e clareza nas relação de trabalho.

Seiketsu (padronização e saúde)

Com a implementação da metodologia 5S, novos padrões são estabelecidos, tanto no ambiente de trabalho quanto na saúde e segurança dos trabalhadores. O seiketsu trata de formalizar essa normalização.

Shitsuke (disciplina)

O ambiente laboral não é formado apenas por maquinários e insumos. É necessário uma mudança de comportamento da equipe de trabalho, com um senso de disciplina e preparo para as novas diretrizes estabelecidas.

Como aplicar a metodologia 5S no canteiro de obras?

Crie uma comissão de implementação

O primeiro passo é escolher os responsáveis para implementar essa metodologia na obra. É preciso que diversos profissionais estejam envolvidos, visto que são muitas etapas, desde a análise da situação atual do canteiro até a prática dos 5S.

Muitas decisões deverão ser tomadas, baseando-se em situações distintas. Portanto, veja quais são os membros da sua equipe que têm maior familiaridade com gestão organizacional, sendo então capacitados para tal função.

Avalie os pontos críticos

É preciso realizar um levantamento dos equipamentos, materiais e processos que estão sendo feitos na execução do projeto. Só assim é possível detectar e avaliar quais são os pontos críticos do canteiro, ou seja, onde tem-se os maiores desperdícios, atrasos e prejuízos.

Com essa avaliação, é possível ter um conhecimento mais amplo dos reais problemas que estão acontecendo. Assim, todas as medidas que serão feitas tornam-se mais precisas e efetivas.

Faça o planejamento

Durante a execução de uma obra, tudo é feito seguindo um planejamento elaborado previamente. Para a aplicação da metodologia 5S no canteiro, também segue-se esse passo.

A comissão responsável deve determinar o cronograma e orientação com as ferramentas e trabalhadores por cada passo. Assim, têm-se as responsabilidades e prazos de cada um e se torna mais simples fazer cobranças quanto ao comprometimento e verificar se o andamento da implementação anda conforme o previsto.

Capacite sua equipe

Realizar treinamentos e capacitações com os trabalhadores, antes da efetivação das novas normas, é o que garante que eles estarão preparados para essas mudanças. Dessa forma, eles estarão tecnicamente preparados, principalmente no que diz respeito à saúde e segurança.

Implemente os 5S

Com toda essa preparação realizada, chega a hora de implementar os 5S de fato. Lembre-se de que todos os cinco fatores devem ser colocados em prática para garantir o resultado esperado desse processo.

No início, pode ser difícil. Porém, conforme essas novas práticas vão sendo adotadas, os efeitos aparecem e vão aumentando, visto que o próprio desenvolvimento delas traz o seu aperfeiçoamento.

Realize avaliações periódicas

É preciso sempre revisar o que está sendo feito para detectar os pontos de melhoria na aplicação dessa metodologia. Portanto, para verificar quais questões podem ser aprimoradas e se o trabalho está sendo feito corretamente, realize avaliações periódicas.

Assim, ao detectar algum tipo de problema, pode-se reformular o trabalho que vem sendo feito, mantendo o que está positivo e corrigindo as possíveis falhas.

Dois pontos que valem a pena de serem observados para essa avaliação é a quantificação de material gasto e a geração e disposição dos resíduos.

Caso o uso de insumos esteja elevado, consegue-se notar uma disparidade entre os princípios da metodologia. Se existe elevada geração de resíduos e disposição imprópria, deve-se averiguar as questões relacionadas à limpeza, disciplina e organização.

Quais são as vantagens da metodologia 5S no canteiro de obras?

Redução de desperdícios

Encontrar maneiras de economizar é uma regra para quem quer ir bem nos negócios. Aplicando os 5S, você consegue encontrar os desperdícios, tanto de materiais quanto de mão de obra, e investir somente naquilo que for necessário.

Otimização dos recursos

Quando se tem um ambiente organizado, saudável e funcional, descobre-se que os recursos já existentes rendem muito mais do que você imagina. Dessa forma, você consegue produzir mais gastando menos.

Prevenção de acidentes

Ao capacitar os profissionais e melhorar a organização e a salubridade do seu canteiro de obras, as chances de acontecer acidentes são reduzidas. Além de garantir a integridade física dos trabalhadores, melhora-se o fluxo de produtividade e evita-se multas e processos trabalhistas.

Aumento da qualidade do produto final

Toda a execução dos 5S no canteiro de obra busca extrair o melhor de seus colaboradores, técnicas e materiais. Assim, além de entregar obras de forma rápida e econômica, você aumenta a qualidade da edificação.

A metodologia 5S, por sua origem industrial, ainda está em desenvolvimento na área da construção civil. Por isso, essa pode ser uma ótima maneira de o seu negócio se destacar. O mais importante é entender e planejar como a metodologia poderá ser aplicada.

Este artigo foi útil para o seu trabalho? Quer saber mais sobre como pode otimizar o trabalho no canteiro? Aproveite a visita e leia nosso post com dicas sobre como fazer o planejamento de obras. O que acha?

2 Comentários

  1. Euller Silva de abreu disse:

    boa tarde minha empresa esta comecando a utilizar o 5s

Deixe o seu comentário!

Já é nosso Cliente?

SIM NÃO