fbpx

Construção Piscina sem patologia! Saiba como prevenir 3 problemas na piscina com cerâmica
Autor: Eng. Gilberto Fernandes (Grupo Hard)

Data da publicação: 26 de maio de 2021

Problemas na piscina sempre são uma grande dor de cabeça. Afinal, essas são sempre patologias difíceis, estressantes e onerosas de resolver. Por isso, o melhor caminho é sempre prevenir os problemas até mesmo de aparecerem investindo em um projeto adequado, uma mão de obra especializada e produtos de qualidade.

Reunimos neste artigo três problemas comuns em piscinas com cerâmicas e a melhor forma de preveni-los. Continue a leitura e conheça no final um grande lançamento Hard: o Selante MS 426 Piscina.

Soluções para 3 problemas na piscina com cerâmica

Como diria o velho ditado, é melhor prevenir do que remediar. Pensando nisso, listamos abaixo três problemas que podem diminuir a vida útil da sua piscina e como evita-los. Continue a leitura!

1. Eflorescência

Talvez você não conheça esse problema por essa definição técnica e complicada, mas eflorescência nada mais é do que aquelas manchas esbranquiçadas com aspecto escorrido, que arruínam a estética da piscina. As eflorescências são depósitos de cristais resultantes dos sais dissolvidos na água, que após a sua evaporação, mancham a superfície. Basicamente, o surgimento deste fenômeno pode ser explicado como uma reação química entre a água da piscina e o cálcio presente na maioria dos rejuntes e selantes.

A melhor forma de evitar este problema é investir em rejuntes e selantes que tenham resistência às agressões características das piscinas, evitando assim que essa reação química aconteça. Atualmente, no mercado, a linha de Rejuntes Infinity Piscina e o Selante MS 426 Piscina são os únicos produtos que se adequam a essa recomendação. Continue a ler, pois falamos mais profundamente dessas soluções a seguir.

2. Descolamento das pastilhas

Uma das principais causas para o descolamento das pastilhas é a infiltração da água por trás do revestimento. E, uma das formas mais comuns para água infiltrar é pelos locais onde o rejunte e/ou o selante esfarelou. Ou seja, evitar o esfarelamento desses materiais e utilizar produtos flexíveis são as formas mais eficazes de prevenir o desplacamento na sua piscina.

Temos um artigo em nosso blog somente sobre esfarelamento de rejunte de piscina, mas vamos resumir neste artigo para que você consiga entender a raiz desse problema. A dureza cálcica da água está diretamente ligada ao surgimento dessa patologia, isso porque quando esse nível está baixo, a água “rouba” o cálcio que falta do rejunte, do selante e da argamassa. E, é dessa forma que esses componentes começam a esfarelar.

Portanto, novamente a solução para evitar problemas na piscina pode ser usar produtos sem cálcio na fórmula. Uma vez que, sem essa substância na composição, a água mesmo com a dureza cálcica baixa não terá de onde “roubar”, fazendo com que os produtos continuem intactos. Evitar o esfarelamento do rejunte e do selante é uma das maneiras mais eficazes de prevenir que água infiltre por trás das pastilhas e cause o descolamento.

Lembrando que esta falha é horrível não só pelos danos estéticos, mas também porque pode desencadear um problema muito mais grave e difícil de resolver: as infiltrações. Leia a seguir sobre esta patologia.

3. Infiltrações

Vazamentos em piscinas são problemas gravíssimos, mas felizmente não são os mais frequentes. Normalmente, a piscina dá sinais de que algo está errado antes de um problema tão grande e grave aparecer. Mas, que sinais são esses? São justamente os problemas na piscina que acabamos de conhecer: as eflorescências, esfarelamento e o descolamento de pastilhas.

Quando as infiltrações surgem, é necessário entender a causa do problema. Recomenda-se a análise do histórico da piscina e de seus projetos, além de uma inspeção subaquática ou com o local vazio. Só assim é possível compreender como o problema surgiu e qual forma de resolver apresenta um melhor custo-benefício.

Porém, tomar medidas para prevenir os problemas ainda é o melhor caminho. Por isso, antes de construir a sua piscina certifique-se de ter um bom planejamento. Invista em um projeto que contemple aspectos importantes como a localização da piscina no terreno, formato, tamanho, a drenagem, queda do piso, instalações hidráulicas e elétricas, a impermeabilização e os acabamentos. Todos esses fatores são fundamentais para garantir que a sua piscina seja um local apenas de lazer, não de problemas. Além disso, é importante contar com uma mão de obra especializada para executar este projeto.

Utilize os produtos adequados para este ambiente

Contar com um projeto detalhado e uma mão de obra especializada são tão importantes quanto utilizar os produtos adequados para este ambiente. Afinal, as piscinas são locais com exigências especificas e que se transformam rapidamente em grandes problemas quando produtos inadequados são utilizados. Por isso, ao escolher os materiais para este tipo de obra é essencial ter em mente algumas informações.

A primeira delas, como você pode ter percebido ao longo deste artigo, é se o produto possui ou não cálcio na formulação. Isso é importante para evitar que o rejunte ou selante esfarelem quando em contato constante com uma água desbalanceada. Como o esfarelamento pode ser a porta de entrada de outras patologias, este ponto então é de extrema importância.

Além disso, os produtos devem ser flexíveis. Uma vez que os componentes que fazem parte de uma piscina estão sujeitos às dilatações térmicas e as pressões exercidas pela água. Somente produtos altamente flexíveis serão capazes de suportar essas movimentações.

Sem problemas na piscina! Conheça o novo Selante MS 426 Piscina

Além de um projeto detalhado e bem executado por uma equipe especializada, ficou claro que é extremamente importante utilizar produtos adequados e de qualidade para evitar problemas na piscina. Para resistir nesse tipo de ambiente e ter uma alta durabilidade, os materiais devem suportar a variação da dureza cálcica, as pressões exercidas pela água, a ação do cloro e de outros produtos químicos utilizados para tratamento da água.

Pensando nisso, o Grupo Hard lançou o MS 426 Piscina, o primeiro selante desenvolvido especialmente para áreas submersas ou úmidas. Resistente ao ataque de cloro e sem carbonato de cálcio na formulação, o MS 426 Piscina é a garantia de que as condições da água da piscina não vão interferir nas propriedades técnicas do selante. Além disso, suporta as dilatações térmicas e as pressões exercidas pela água, pois tem uma alta capacidade de movimentação (50%). Conheça mais sobre este produto no vídeo abaixo.

Quer evitar problemas na piscina e ter apenas momentos de relaxamento e diversão neste lugar? Entre em contato conosco e descubra como as soluções Hard podem ajudar.

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Já é nosso Cliente?

SIM NÃO