Soluções Principais soluções para a fixação de telhas em terças de concreto
Autor: Eng. Pedro Joaquim Ribeiro Cardoso (Grupo Hard)

As decisões de um engenheiro são fundamentais para o sucesso de uma obra, e não poderia ser diferente quando se trata da fixação de telhas em terças de concreto.

Nas terças metálicas, não há dúvida sobre qual técnica utilizar: o parafuso autoperfurante. Porém, as terças de concreto causam dúvidas no planejamento de diversos profissionais.

Como podem ser utilizados o gancho, o metalon com o parafuso autoperfurante e o chumbador mecânico (parafuso que lamina a rosca no concreto), alguns engenheiros se confundem e não sabem qual caminho tomar.

Saiba que cada opção tem vantagens e desvantagens. Então, leia este post e descubra mais sobre esses detalhes.

Quais são as principais soluções disponíveis no mercado para fixação de telhas em terças de concreto?

O preparo e a execução de cobertura de um galpão pré-moldado são etapas fundamentais em uma obra. Qualquer erro coloca em risco a segurança da estrutura e o bem-estar dos usuários. Vazamentos e reparos são apenas algumas das consequências que devem ser evitadas em sua rotina.

Para fixar as telhas metálicas nas terças de concreto na cobertura, é possível adotar duas possibilidades: fixação direta e indireta

A fixação direta é aquela em que há fixação diretamente da telha na terça. É feita com dois tipos de produtos específicos, o gancho ou o chumbador mecânico.

Na fixação indireta, é preciso ter um outro material para fazer a ligação entre o concreto e a telha metálica, no caso, o sistema de metalon (perfil metálico) que vai utilizar um produto autoperfurante.

Como funciona e quais são as vantagens e desvantagens do gancho?

A questão financeira é o principal benefício do gancho. Como não é exigido um alto índice de tecnologia para desenvolvê-lo e aplicá-lo, a metodologia é adotada por muitos profissionais, principalmente em situações em que as terças são finas.

Entretanto, é importante ter em mente que as desvantagens podem atrapalhar o desempenho da equipe. A aplicação do gancho é um processo de mão de obra dobrada.

Um dos operadores coloca o gancho na terça e o posiciona na telha, já o operador de cima faz o travamento com a arruela de borracha para vedação e coloca a porca para fazer o travamento mecânico.

Em resumo, apesar de ser uma peça barata, os custos com a equipe podem onerar o seu orçamento.

Também é importante destacar a questão da durabilidade do produto, que, na maioria dos casos, apresenta baixa qualidade tanto no revestimento, quanto na borracha de vedação. Com isso, tem-se uma baixa qualidade do revestimento aplicado no produto e, como consequência, o princípio de corrosão.

Outro ponto relevante é a borracha com baixo índice de pureza. Com a dilatação da cobertura, o material perde memória e não consegue acompanhar a movimentação da estrutura, ocasionando o desgaste da borracha e posteriormente as goteiras, ou seja, falta de estanqueidade na cobertura.

Em quais casos são indicados os usos do metalon e parafuso autoperfurante?

Durante a montagem do galpão, são colocados perfis metálicos (metalon) nas terças de concreto para que sirvam de apoio para as telhas. Só assim é possível ser utilizado o parafuso autoperfurante na montagem da cobertura, já que não existe um parafuso autoperfurante para concreto.

Ao utilizar o parafuso autoperfurante, a sua instalação é rápida, contando com uma borracha e revestimento de qualidade.

Apesar da eficiência dos parafusos autoperfurantes, os custos desse procedimento representam uma grande desvantagem devido a 3 pontos principais:

  • compra de material extra para o sistema da cobertura;
  • posicionamento dos metalons;
  • fixação do metalon na terça de concreto (com chumbador químico ou mecânico);

Como consequência disso, o custo-benefício dessa opção precisa ser analisado detalhadamente para que o orçamento não seja estourado.

Quais são as principais características do chumbador mecânico? Quando ele é mais utilizado?

É um sistema que realiza a ancoragem diretamente na terça de concreto, sem que haja necessidade de outro material ou processo. O procedimento é muito simples. É realizado um furo que transpassa a telha e outro furo na terça de concreto. Então é aplicado o chumbador mecânico tipo parafuso, que faz a laminação de rosca no concreto e ancora a telha na terça.

Desse modo, o procedimento torna-se simples e veloz. Ele também tem as mesmas características do parafuso autoperfurante, pois tem revestimento anticorrosivo de excelente qualidade e borracha com alto índice de pureza.

Em outras palavras, os problemas de movimentação e de goteiras na cobertura são resolvidos, garantindo longevidade, segurança e estabilidade à obra.

Como é feita a aplicação do Titecon? Quais características diferenciam o Titecon dos demais produtos?

O Titecon é um produto de extrema qualidade. É um chumbador mecânico tipo parafuso, indicado para aplicações leves e médias em concreto, como as terças de uma edificação. Você pode utilizá-lo também em tijolos maciços e blocos, dispensando o uso de bucha plástica ou de nylon. Ele tem um processo extremamente ágil de instalação, uma excelente aplicabilidade, um revestimento de altíssima qualidade, uma borracha de vedação com alto índice de pureza e, claro, a segurança da carga quando aplicada.

Preparamos um vídeo mostrando como é fácil e rápido instalar telhas metálicas em terças de concreto usando o Titecon. Clique e confira!

Após assistir ao vídeo, é importante destacar que mesmo sendo necessário o pré-furo, o processo de instalação do Titecon é mais rápido que o gancho e o metalon + autoperfurante.

Outros de seus benefícios são:

  • maior agilidade de aplicação, sem necessidade de ganchos ou buchas;
  • pode ser aplicado próximo de bordas.
  • sistema não expansivo;
  • maior resistência à corrosão da categoria;
  • criado para ambientes industriais;
  • excelente resistência química e galvânica;
  • maior produtividade;
  • maior carga quando comparado ao sistema com buchas.

O que considerar antes de se decidir?

Não importa qual é o tipo de obra que você atua, é essencial analisar alguns aspectos ao escolher a melhor fixação de telhas em terças de concreto:

  • garantia de segurança da cobertura;
  • longevidade da cobertura metálica, a fim de evitar retrabalhos;
  • estanqueidade da cobertura;
  • custo-benefício da solução adotada;

O meio de aplicação merece destaque nessa análise.

Se for uma região da qual não se tem um alto índice de corrosão, não é necessário um acabamento tão resistente quanto o inox, por exemplo. Já regiões com distância de 40km do mar, o material recomendado seria com revestimento orgânico metálico, como o Revestimento Ecoseal.

A partir de agora, você entendeu mais sobre as fixações de telhas em terças de concreto. Se você deseja adotar uma solução tecnológica, focada na produtividade, na segurança e no custo-benefício do canteiro, o chumbador mecânico Titecon é a opção ideal.

Por isso, entre em contato com a gente e prepare-se para ter todos os benefícios do chumbador Titecon em sua obra!

2 Comentários

  1. Jefferson Costa disse:

    Parabéns pelo artigo. Ajudou bastante mesmo.
    Tenho muita dificuldade no posicionamento do metalon na forma da terça na hora da concretagem e este produto me pareceu uma otima solução.

    Tenho uma dúvida…este parafuso deve ser aplicado na onda alta ou na onda baixa da telha? Se for na onda alta, preciso usar calço?

    Obrigado

    • Camilla Mangold disse:

      Obrigado, estamos felizes em ajudar!

      Sobre a sua dúvida: Nossa indicação é que em telhas com enchimento, a fixação seja realizada na onda alta, porém em telhas singelas a aplicação
      do produto seja realizada na onda baixa.
      Mas, se por algum motivo, a fixação for realizada na onda alta em telha singela, recomenda-se a utilização do calço.

      Em caso de maiores dúvidas, entre em contato conosco pelo site hard.com.br.

Deixe o seu comentário!