fbpx

Destaque Rejunte hibrido: 7 razões de que esse rejunte mudará a sua vida
Autor: Eng. Diego Camera (Grupo Hard)

Data da publicação: 17 de setembro de 2020

O rejuntamento é uma etapa importante em qualquer obra. Pois, com o material de qualidade e uma mão de obra especializada, o porcelanato ganha em vida útil e o canteiro de obras, em produtividade. Uma novidade que alia rápida e fácil aplicação com alta durabilidade é o rejunte hibrido e este artigo é sobre esta inovação.

Leia a seguir uma breve explicação sobre o que é este novo rejunte e sete razões que tornam sua aplicação a mais eficiente de todas as categorias.

O que é um rejunte hibrido?

No dicionário, a palavra hibrido é definida como um composto de elementos distintos, que alia características dos componentes originais. Quando trazemos o termo para o universo dos rejuntes, a ideia é exatamente a mesma: um produto criado a partir da combinação de dois ou mais itens, que mantenha as melhores características dos elementos primários.

Devido à exclusiva Tecnologia iCom, que significa Inteligent Composities, foi possível unir em um só produto o que há de melhor em diferentes bases químicas e polímeros, surgindo assim o rejunte hibrido. Por isso, agora é possível unir as melhores características dos rejuntes epóxi e acrílico com um dos melhores selantes existentes, MS Polymer. Sem quartzo ou areia na composição, este produto tem a facilidade de aplicação e acabamento dos rejuntes acrílicos, são impermeáveis e flexíveis como os selantes e contém a resistência química e durabilidade dos epóxis. E, como não é composto por cimento, não existe o risco do surgimento das eflorescências. Para mais informações sobre esta categoria, acesse o nosso artigo especialmente sobre este assunto.

Como exemplo de um rejunte hibrido, podemos citar o Rejunte Infinity da Hard, que inaugura esta nova categoria. Com estética, praticidade e durabilidade inacreditáveis o Infinity está presente nas linhas Porcelanato, Decorativo e Piscina. Sua aplicação prática, acabamento superior e durabilidade inigualável se unem em uma paleta de cores que explora ao máximo os detalhes do ambiente.

7 razões para aplicar o rejunte hibrido

Disponíveis no mercado atualmente há quatros tipos de rejuntes: cimentício, acrílico, epóxi e hibrido. Se quiser saber mais sobre cada uma destas categorias, acesse o nosso artigo sobre este tema. Abaixo, listamos as principais razões para você usar o rejunte hibrido e dar um salto de produtividade no rejuntamento.

1. Uma pequena caixa de ferramentas é suficiente para concluir o trabalho

O uso dos rejuntes tradicionais é sinônimo de sacos de argamassa, misturador, baldes, cabo de extensão, mangueira, energia, água, esponjas, vassoura, lixeira, joelheiras e uma estação de mistura de pó e água. 

Uma pequena caixa de ferramentas é suficiente para concluir o trabalho

Por sua vez, a aplicação do rejunte hibrido exige apenas uma pistola de aplicação, ferramentas de acabamento, raspador e uma vassoura. Simples assim é possível concluir o rejuntamento de uma obra, com uma instalação e limpeza  muito mais rápidas, fáceis e organizadas.

2. Sem sacos de rejunte pesados

Quando se trabalha com o rejunte cimentício ou acrílico o assentador cerâmico já sabe que perderá tempo carregando pacotes pesados. Afinal, ele levará manualmente os sacos de rejunte da loja para o carro, e depois do carro para o local da obra, com cada item pesando em média 5kg a 20kg. Nem é necessário dizer como a tarefa de comprar e descarregar torna-se cansativa e demorada.

Rejunte hibrido para porcelanato

O rejunte hibrido é disponibilizado em tubos de apenas 500 gramas cada. Por serem no mínimo 90% mais leves, é muito mais fácil o manuseio do produto e o acesso ao local de trabalho. Isso torna o trabalho na obra mais eficiente também, pois o tempo que seria perdido com o carregamento de sacos pesados serão investidos no trabalho que realmente importa: o rejuntamento.

3. Nenhuma bagunça na preparação

Antes de aplicar o rejunte cimentício, é necessário a mistura do pó com água ou aditivos. O rejunte epóxi também necessita ter seus componentes (que podem ser dois ou três dependendo do fabricante) misturados por completo e previamente. Estes processos além de demorados podem ocasionar problemas como a alteração da cor ou a não secagem completa do rejunte, caso o tempo ou a proporção da mistura não seja respeitado.

Nenhuma bagunça na preparação

Já o rejunte hibrido é disponibilizado em um tubo onde os dois componentes se misturam no bico de forma simples e automática, enquanto é aplicado com uma pistola aplicadora, sem necessidade de uma mistura manual. Desta maneira, misturar de forma incorreta os componentes do rejunte não será mais um problema.

4. Nenhum produto desperdiçado é igual a economia financeira

Ao contrário dos rejuntes cimentício, acrílico ou epóxi, os tubos do rejunte hibrido podem ser fechados com a tampa e usados ​​novamente. O único cuidado que será necessário tomar é apenas trocar o bico misturador. 

Isso não apenas torna todo o processo mais limpo e eficiente, como também resulta em uma economia financeira, pois não há material desperdiçado. Uma vez que os rejuntes tradicionais são misturados, você não pode preservar ou reutilizar qualquer mistura restante. 

5. Sem entupimento de ralos

Sem entupimento de ralos

Um problema comum no local de trabalho é a limpeza do excesso de rejunte que foi aplicado. Isso porque este excedente é lavado e vai pelo ralo. Uma ação que parece tão simples, na verdade pode causar todos os tipos de problemas para o construtor e o proprietário da casa, principalmente quando as tubulações ficam entupidas. No caso do rejunte hibrido, o excesso pode ser simplesmente raspado, varrido com uma vassoura e descartado no lixo.

6. Ganhe tempo e dinheiro

O uso dos rejuntes cimentício, acrílico ou epóxi deixa um resíduo espesso após a aplicação, pois o material é espatulado nas fugas. Isso exige uma limpeza minuciosa e profissional para que o cliente tenha em casa o porcelanato dos sonhos como escolheu na loja e sem nenhum dano.

Outro problema de serem espatulados nas fugas é a lentidão no processo de rejuntamento. A título de exemplo e considerando o tempo de preparação, aplicação e limpeza, para fazer o rejuntamento de 10m² com o rejunte acrílico ou cimentício, um profissional capacitado demora aproximadamente duas horas. Com o uso do epóxi, este tempo aumenta para quatro horas, devido principalmente a dificuldade maior na limpeza dos resíduos e dos riscos de dano aos porcelanatos.

Ao trabalhar com o rejunte hibrido, o processo completo leva apenas uma hora, ou seja, duas vezes mais rápido que o acrílico e o cimentício e quatro vezes mais que o epóxi. Isso significa que é possível rejuntar mais obras e assim aumentar o faturamento.

7. Termine a obra antes

Outra questão muito importante que está ligada a produtividade, diz respeito ao tempo de cura do material. Pois, de uma forma geral, os rejuntes precisam respeitar um tempo de cura para que os ambientes rejuntados possam ser liberados para utilização. Este tempo varia de acordo com o tipo de rejunte e do ambiente rejuntado. 

Ambientes considerados secos, como salas e quartos, tem tempo de cura reduzido se comparados a locais molhados ou molháveis, como banheiros, sacadas, lavanderias e garagens. Em caso de áreas com imersão contínua, por exemplo, piscinas e saunas, é necessário um período ainda maior de espera para serem utilizados.

O uso do rejunte cimentício exige um tempo de espera de sete dias para áreas secas, molhadas e molháveis. Este tempo sobe para 14 dias quando o ambiente é imerso. No caso do acrílico, o tempo de espera varia entre três dias para ambientes secos e cinco dias em áreas molhadas e molháveis.

Apesar de ser o grande vilão na limpeza pós-aplicação, o rejunte epóxi permite tráfego leve em ambientes secos a partir de 24 horas. Em áreas molhadas e imersas, são necessários três dias de espera para liberação da área.

Com o rejunte hibrido, por sua vez, não é preciso esperar dias e dias para usufruir de um ambiente, como a sala ou até mesmo o banheiro, pois a liberação ocorre entre seis a oito horas, imediatamente depois da limpeza. Para ambientes imersos, já é possível utilizar depois de 24 horas.

Rejunte hibrido: eficiência, durabilidade e estética em uma só solução

Utilizar o rejunte hibrido é ganhar em produtividade com uma aplicação mais ágil e menores riscos de problemas futuros. Além disso, a bagunça na hora da preparação e o desperdício de material ficaram no passado, assim como os prejuízos financeiros que acompanham estes problemas.

Com uma paleta composta por 16 cores, o rejunte deixará de exercer um papel de coadjuvante e contribuirá para explorar ao máximo os detalhes do ambiente. Tudo isso com uma durabilidade inigualável, de até dez anos, pois conta com aditivos antifungo e antimofo em sua formulação. Também é 100% impermeável e inteiramente resistente a produtos químicos de limpeza.

O rejunte certo tem o poder de transformar o ambiente e renovar a aparência do porcelanato. Duvida? Então, entre em contato conosco e conheça o inacreditável.

Infinity

Posts Relacionados

Tags: , ,

2 Comentários

  1. Célia disse:

    Para o assentamento de SETENTA metros de piso porcelanato 62 x 62 quantas bisnagas terei que comprar?
    Qual o custo de cada, e o custo total( com desconto né)

Deixe o seu comentário!

Cialis 20 Mg Cialis Viagra Satış Cialis 5 mg Viagra sipariş elektronik sigara